Tiago Gouvêa

Blog

Aprender programação online, sozinho e do zero

Aprender programação online, sozinho e do zero

Seja pra empreender com uma nova startup, seja pra conseguir emprego ou só mesmo para ter esse conhecimento tão valioso nos dias de hoje, aprender programação tem tido uma demanda crescente!

Existem incontáveis fontes de conteúdo na internet, gratuitas e pagas, para todos os gostos. Pela minha experiência o que mais importa é sua vontade real de aprender agora e sua pré-disposição para realmente se dedicar nessa missão!

Portanto, seguem minhas considerações e links para você começar a programar hoje mesmo!

Aprender programação sozinho

Acredite, esse é o único jeito que existe. Por mais que esteja em uma turma, ou recebendo informação de um professor/instrutor, você só conseguirá mesmo aprender programação quando focar em faze-lo sozinho. Portanto minha recomendação é, comece com o mínimo, leia um pouco aqui e ali e parta pra prática de imediato!!

Qualquer maneira que escolher pra aprender, será sofrida. Um pouco mais ou um pouco menos dependendo da linguagem ou abordagem, mas os obstáculos são inevitáveis e você terá que exercitar o cérebro pra vencer cada etapa.

 

Linguagem de programação, qual escolher?

O primeiro passo para sair do zero, é escolher uma linguagem. Certamente você vai querer escolher a te leva ao seu objetivo final, certo? Criei este info gráfico um tempo atrás que te diz qual linguagem deve conhecer para alcançar seu objetivo. Confira:

 

Qual linguagem de programação escolher - Infográfico

 

Mas eu preciso te dizer: “não comece aprendendo a linguagem de programação final“. Comece pelo caminho mais fácil! Preciso te dizer isso! E neste caminho (que estou fortemente te recomendando) você irá aprender três linguagens, não uma só, e irá te dar toda a noção para poder partir para sua tão sonhada linguagem de programação final.

Aprenda HTML, CSS e JavaScript.

Quando você entra no gMai, facebook ou pesquisa no Google, 100% do que você vê é feito em HTML+CSS+JavaScript. Mas, vou te explicar o porque de cada um.

HTML – HyperText Markup Language

Todas as páginas da web são feitas em HTML. O HTML não é uma linguagem de programação, e sim uma linguagem de marcação. Na sua missão de aprender programação, ela servirá pra você começar e entender como falar com o computador, como dar instruções pra ele e como escrever algo que ele entenda. É fácil aprender HTML e você não irá sofrer quase nada. Por outro lado ela servirá pra você se acostumar a quebrar a cara; escrever alguns comandos e não funcionar… isso é importante, porque faz parte da rotina na programação.

CSS – Cascade Style Sheet

Também não é uma linguagem de programação, e sim uma linguagem de estilos. Ela server pra fazer a página HTML ficar bonita. O HTML puro irá produzir basicamente textos e imagens, o CSS entra pra colocar cores, alinhar as coisas e organizar visualmente o site.

JavaScript

Enfim, sua primeira linguagem de programação. Ela irá te mostrar que você precisa escrever os comandos sem uma virgula fora do lugar e não aceitará que você erre em nada. No HTML e CSS você não via uma mensagem de erro nem tinha grandes problemas se desse um “comando” errado, já no JavaScript tudo é estrito. É aqui que você aprenderá a fazer um “if”, um “for”, criar métodos ou funções e permitir interação do usuário com a página.

JavaScript não é Java. Quando foi criado o JavaScript, como uma linguagem de programação para web, o criador se inspirou na sintaxe do Java e por isso deu este nome.

Quero aprender Java!

Olha, o problema é seu que legal! Se você quer trabalhar em uma grande empresa ou desenvolver para Android, Java será provavelmente sua opção. Mas se você está saindo do zero… não parece uma boa ideia.

Imagine que você quer ser piloto de avião, desses grandes, boeing, que levam 200 pessoas de um continente ao outro. Você terá que aprender a pilotar um monomotor primeiro, porque é mais simples, é menos arriscado e menos custoso. Em pouco tempo já conseguirá voar sozinho.

Não posso te dizer pra não começar pelo Java, mas, tenho visto muitas pessoas desistindo de aprender programação, porque já querem começar pilotando boeing.

Porque não Python?

Muitos recomendam começar a aprender programação com Python. Eu mesmo já recomendei muito, mas agora estou recomendando o JavaScript, porque eu via que as pessoas aprendiam um bocado do Python, mas não conseguiam fazer nada que desse para alguém usar. Aprendiam apenas o código e com isso iam desanimando, porque não percebiam como aquilo iria servir pra alguma coisa.

Na abordagem HTML + CSS + JavaScript você irá começar fazendo algo 100% visual e irá aos poucos precisar a codificar mais.

 

Cursos em video de programação

Outros preferem não ler, gostam de ver alguém explicando, como se fosse uma aula de programação, ou seguindo um passo a passo. Novamente, selecionei alguns canais do YouTube pra você começar e seguir em frente.

  • Curso em Video – É o canal do Guanabara, um santo que produz dezenas de horas de vídeo explicando como programar em uma série de linguagens (incluindo HTML5 e lógica de programação);
  • Loiane Groner – São conteúdos bem atualizados de linguagens e frameworks muito usados;
  • eXcript – Tem vários cursos interessantes e relevantes. A voz e jeito de falar do narrador as vezes cansa, e a prática também demora pra começar… mas o conteúdo é bom;
  • Danilo Aparecido – Se você não tem pressa e gosta do estilo aula com professor no quadro, tudo muito cheio de detalhe, esse será o melhor canal;
  • LevelUpTuts (inglês) – Tem uma didática bem bacana e uma grande quantidade de “tuts”, tudo bem profissional.

 

Cursos online de programação

Teoricamente os cursos irão te levar ao conhecimento, de forma gradativa, seguindo um passo a passo, e isso pode ser a melhor forma para você aprender. É mais uma alternativa. Selecionei alguns cursos “reconhecidos” e que já recebi feedback positivo a respeito.

Gratuitos

  • Udemy  – Plataforma com milhares de cursos de diferentes produtores;
  • CodeAcademy – Ensino gratuito totalmente prático e com excelente didática;
  • Microsoft Virtual Academy – Iniciativa da gigante de software para popularizar o aprendizado;
  • iMasters – Tradicional provedora de conteúdo para programadores no Brasil;
  • W3Schools – Excelente conteúdo sequencial voltado para a web;
  • iPed – Oferece alguns conteúdos bem relevantes para aprender programação.

Pagos

  • Udemy  – Os valores normalmente são bem em conta;
  • PlayCode  – Um curso completo, mas simples, pra sair do zero;
  • TreinaWeb – Vários cursos de alta qualidade, principalmente para desenvolvimento web;
  • Alura – Uma infinidade de cursos de alta qualidade em várias áreas da programação;
  • DevMedia – Bons cursos com suporte online;
  • Coursera – Cursos mais avançados para quem já saiu do zero;
  • iMasters – Conteúdos atuais com ótima produção;
  • Softblue – Uma opção a mais; 🙂
  • School of Net – Cursos atuais, porém talvez rápidos demais;
  • Impacta – Cursos mais lentos, porém com ótimo conteúdo;
  • iPed – Boa varidade de cursos rápidos de programação.

* Alguns cursos estão nas duas listas, porque oferecem conteúdos gratuitos e pagos também, dai preferi organizar assim. Os cursos em negrito são os que recomendo mais.

 

Aprender programação em 20 horas

Em 2016 dediquei um bom tempo elaborando essa metodologia, onde o objetivo é ensinar programação para um leigo, começando do zero, em apenas 20 horas. Criei uma turma “beta” que está cursando agora e estão conseguindo realmente aprender. Está sendo eficiente e eficaz.

Parto do principio que aprender programação deve ser divertido, que a matemática não deve ser obrigatória, e que não dá pra falar em termos técnicos com alguém que ainda está aprendendo a técnica. Então o formato é informal e com muita explicação por analogia.

Se quiser saber mais vá até Aprender Programação em 20 horas.

 

O que realmente faz diferença

Se você chegou até aqui, já viu que existem milhares de livros, cursos e canais no youtube ensinando ou falando sobre programação…. é conteúdo que não tem fim! Mas nada disso servirá de muita coisa. Você na verdade precisa de UMA COISA APENAS pra aprender.

Sinceramente, tentar aprender muita coisa ao mesmo tempo não te tornará bom em nada. Algumas pessoas ficam ansiosas por aprender rápido demais, coisas demais, siglas demais, e acabam não conseguindo sair do zero.

Se você não sabe nada de programação, comece por aprender programação básica de forma simples. A minha recomendação (atual) como eu disse anteriormente é o HTML + CSS+ JavaScript.

O que fará diferença é seu nível de interesse em aprender, sua motivação, e quantas horas você passa sentado em frente ao computador tentando fazer algo que funcione. Nada mais fará tanta diferença.

 

Comece agora! Comece já! Diga algo!

Não deixe pra depois, veja qual dos links acima te parece ser o melhor conteúdo e foque apenas nele. Siga em frente, sem parar e sem desistir!

Comente aqui sua evolução ou como começou a aprender programação.

Valeu!


 
 

Classificado como: Posts Profissionais

Participar comentando (26) →
  1. Liliane de Paula Mendonça 5 de Março de 2017

    Olá, Tiago.
    Parabéns por sua página. É excelente!
    Fui indicada por um amigo, pois estou buscando o scratch. A ideia é utilizar na educação, com oficina para crianças e jovens iniciantes e, professora nem tão jovem rsrs
    Grande abraço!

    Responder
  2. Leandro 26 de Fevereiro de 2017

    Cara muito obrigado pelas dicas. Voltei ao estudos de programação esse ano e comecei com o trio HTML CSS e JS. Estou estudando por conta porem vou começar o curso de Analise de desenvolvimento de sistemas, muitas empresas ainda não dão o devido valor ao autodidata. No ponto que estou hoje caminho para um nível mais avançado de HTML e CSS. O JS estou começando a evoluir na raiz da linguagem, mas estou de olho nas libs/frameworks mais utilizadas nas empresas. Se eu poder deixar a dica existe a apostila do curso da Caelum que trata do assunsto HTML CSS e JS e toca no básico do PHP. Eu acho que é um bom ponta pé inicial. Para evoluir no JS estou estudando o Livro Eloquente JavaScript já traduzido para pt-br e o YDKJS que está em processo de tradução. Na linha do HTML e CSS um ótimo curso que acabei de fazer foi o do COURSERA HTML, CSS, and Javascript for Web Developers, cara esse curso é incrível vai aprender muito.
    Uma dica que eu estou usando é crie uma conta no GitHub e coloque suas práticas lá. Não é pra copiar e colar o código e sim fazer linha por linha e comentar o máximo que você puder. Vai servir como guia de consulta para você o poderá ver sua evolução alem de poder exibir o que você esta aprendendo.

    Uma ultima dica #CODEEVERYDAY

    Responder
  3. Ramon xavier 9 de Fevereiro de 2017

    Muito obrigado pelas dicas parceiro, li todo o conteudo, entrei nos links, e vi tudo o que você nos indicou.
    Agradeço por todos o seu trabalho e parabéns!!

    Responder
  4. Milly 5 de Fevereiro de 2017

    Ola.
    Amei o post. Parabéns. Ajudou bastante.
    Eu quero aprender programação apenas pela grana, pra me manter durante o período da facu. Fui em uns workshop e gostei muito, daí me surgiu a vontade de estudar por fora para fazer uma grana extra.
    Observei que tem poucas gurias no ramo, o que é realmente triste.
    Mas estou muito animada e incentivo minhas amigas a fazerem o mesmo.
    Beijos!
    ^^

    Responder
  5. Thiago Jambo 28 de Janeiro de 2017

    Parabéns Tiago, obrigado por dedicar um pouco do seu tempo para nos ajudar! Seu Blog é simplesmente FANTÁSTICO!! Sucesso e muita saúde amigo!!

    Responder
  6. Cristian 23 de Janeiro de 2017

    Oi eu sou do Chile.

    A sua teoria é certa. Eu comecei com java porque queria aprender Android. Foi a minha primeira vez como programador e foi muito dificil. Eu tenho boa logica mas era muito dificil e desisti muitas veces.

    Agora eu vou começar com HTML. Eu tenho muitas ganas de ser programador.

    O que você acha da universidade? É um bom caminho para se tornar um bom programador ou para conseguir emprego?

    A universidade no meu pais é muito cara e não posso pagar isso.

    Responder
    • Tiago Gouvêa 23 de Janeiro de 2017

      Entendo Cristian. A universidade é boa se as empresas ai exigirem, ou se você achar necessário. Varia de pessoa pra pessoa. Não posso te dizer que não é importante. Dos 10 melhores programadores que conheço, metade não concluiu a faculdade.

      Responder
  7. Cleber 23 de Janeiro de 2017

    Eu fiz um curso de desenvolvedor android na impcta, é bem o que você falou, não dá pra começar pilotando um boing. Perdi dinheiro e desanimei um pouco, mas como é meu sonho, vou continuar. Estou pensando em começar já pelo java, pois minha linguagem objetiva é android.

    Responder
    • Tiago Gouvêa 23 de Janeiro de 2017

      Interessante Cleber, você confirmar minha teoria.
      Vejo que isso acontece muito… a pessoa, na ânsia de fazer logo alguma coisa, começa lá na frente, logo no mais difícil, como você pode comprovar.
      Mas é isso ai, não desista, volte e foque no Java ou em algo que vai te ajudar a entender como tudo funciona.
      Boa sorte e depois volta aqui pra contar se avançou!

      Responder
  8. Guilherme 3 de Janeiro de 2017

    Vou começar faculdade de Sistemas de Informação esse ano e tenho 18 anos. Na faculdade de Sistemas já é possível aprender a programar no primeiro ano? Eu posso ir aprendendo a programar em casa sozinho como você passou aqui? Eu tenho uma certa noção, apesar de nunca ter programado, mas estou meio preocupado se já devia ter começado a programar alguma coisa antes de entrar na faculdade de SI.

    Responder
    • Tiago Gouvêa 23 de Janeiro de 2017

      Fala Guilherme! Começar antes, não fará mal algum… só te trará benefícios, porque quando os outros alunos estiverem tentando entender pra que aquilo tudo serve, você já estará fazendo e usando. Pode começar sozinho sim, claro! Não é uma obrigação isso. Se você se sente interessado, porque não?

      Responder
      • Fernando 7 de Fevereiro de 2017

        É obrigação sim, pq eu comecei a faculdade de engenharia de software em 2015 e nada q os professores falavam lá eu não entendia nada

        Responder
  9. paulo 29 de Dezembro de 2016

    Ótimo post!
    Um excelente curso totalmente free e bastante sólido é o freecodecamp.com. tem um projeto final de curso que vc participa na construção de uma aplicação real para uma organização sem fins lucrativos.

    Responder
  10. Felipe 21 de Dezembro de 2016

    O que você acha do devmedia? será que vale a pena? vejo que eles tem uns cursos desatualizados, tipo html4…

    Responder
    • Tiago Gouvêa 21 de Dezembro de 2016

      Existem cursos desatualizados, mas existem atualizados. Se você quer MESMO aprender, qualquer curso serve. 🙂

      Responder
  11. FAGNER 18 de Dezembro de 2016

    Boa tarde
    Tiago
    Já escolhi a linguagem em que quero programar, seria c#, mas nao sei como entrar no mercado pois nao vejo vaga para iniciante, somente programadores com experiencia. Como proceder, afinal todo programador teve um dia sua chance de começar?

    Responder
  12. Wand 5 de Dezembro de 2016

    Gostaria de abrir o infográfico, mas tá minusculo…ótima matéria!

    Responder
    • Tiago Gouvêa 11 de Dezembro de 2016

      É só clicar que ele abrirá a imagem em uma nova aba.. dai você clica nela pra ampliar.

      Responder
  13. Vandriani Misturini 1 de Dezembro de 2016

    Ótima iniciativa!
    … usando pedaços de caixa de madeira, papelão, super-bonder e esse tal de WordPress.

    Responder
  14. Roberto Milton 17 de Novembro de 2016

    Show do bola! Parabéns pela dicas. Eu sou de infraestrutura. E estou querendo aprender a programar. Primeira linguagem q min indicaram foi python. Aprendiz muito código. Porém não soube coloca em prática. Já com a HTML CSS. Você ver a coisa criar forma, tipo uma mulher grávida ao passar do tempo ela ver sua barriga criando forma de grávida, assim é aprender HTML CSS javascript. isso deixá quem está aprendendo animados. Porém sou um pythonista. Amo python. Pela clareza da sua linguagem.

    Responder

Deixe seu comentário

mautic is open source marketing automation ra