Tiago Gouvêa

Blog

É difícil aprender a programação?

É difícil aprender a programação?

Meu principal conteúdo é sempre aprender a programar, é disso que meu blog fala. Muitas pessoas me procuram querendo entender porque é tão difícil aprender a programar, buscando algum atalho ou apenas apoio. Mas afinal, é difícil aprender? Quais são os complicadores? Porque tanta gente desiste?

O Glamour de ser um programador

Para muitas pessoas que estão querendo aprender, ou começando a programar, existe um glamour em torno disso. Afinal, imagina você tendo um aplicativo seu no Google Play ou Apple Store, ou então criar um robô e faz as tarefas que você programou anteriormente, ou usuários em seu site navegando e obtendo informações.. isso tudo tem muito valor.

Mas nada é fácil… e programar é muito menos.

Conseguir fazer só um pouco

Programar é assim, você consegue resolver uma pequena parte do problema, dai sente aquela sensação boa de ter conseguido algo, se acha incrível.. mas no próximo passo você trava e não consegue mais “evoluir”. Relaxe, isso é uma anciedade normal, e esse “consegue/não consegue” irá acontecer sempre enquanto estiver programado.

Programar, é justamente isso!

Você vê um problema totalmente novo e que não sabe a solução, começa a estudar, começa a fazer uma parte, outra parte, até que um tempo depois consegue fazer tudo aquilo e aquele grande problema agora é uma bobagem. E esse ciclo se reinicia com o próximo problema, todo dia.

Aprender programação é lento

O processo de aprender realmente é lento, não tem como ser rápido, e é infinito. Quanto mais você estuda mais percebe que tem muito ainda pra aprender. Não termina.

A concentração para a programação

Não é igual ver televisão ou ler um livro. É concentração para estudar, para entender algo completamente diferente do trivial. Para algumas pessoas esse nível de concentração é fácil de ser alcançado, para a maioria isso é bem difícil, porque não conseguem dominar a atenção e focar em uma coisa só por muito tempo.

Leia meu post “Os 5 principais requisitos par ser um bom programador” onde digo alguns pontos a mais sobre o perfil do programador.

Aprender a programar sozinho

Há quem diga que não se ensina alguém a programar, ou a pessoa aprender ou não saberá programar nunca. No final das contas isso é a única coisa que realmente importa, aprender sozinho.

No dia a dia do programador, é preciso aprender todo dia, porque cada novo problema exige um estudo, uma pesquisa e ligar uma informação com a outra. Não dá para contar com outras pessoas te respodendo a todo tempo. No trabalho se você não souber aprender sozinho não servirá para quase nada.

The best contents are written in english

Quem cria a tecnologia que usamos não fala português. O volume de conteúdo tecnológico em português é infinitamente inferior ao disponível em inglês. A profundidade do conhecimento contido em um livro em português é bem menor que do inglês. Com isso não ler inglês é um dificultor no aprendizado do inglês.

Conforme-se, enquanto não ler bem inglês não será um bom programador. Ou não se conforme com isso e dedique-se a aprender inglês (sozinho).

São tantas linguagens de programação

Existem dezenas de linguages e centenas de siglas, mas não se preocupe com isso. Não pense que a primeira que aprender será a única. Escolha primeiro uma bem simples e faça o mínimo, apenas para você entender o básico da coisa.. até se acostumar a escrever um if, um while ou for, entender as variáveis e métodos.

Leia meu post “Como aprender a programar” que irá te ajudar a escolher uma linguagem.

 


which-programming-language
 

Três perguntas comuns

Qual idade máxima para aprender a programar?

Não existe essa idade. Já ensinei pessoas com 35, 40 anos a começarem a programar e não há nada de errado nisso. Um deles até tem uma empresa hoje onde trabalha criando sistes e sistemas. Claro que começar cedo é melhor, porque se tem mais tempo e mais “cabeça livre” pra aprender, menos preocupações. Mas nunca é tarde.

Quanto tempo demoro para aprender a programar?

Não tem um número certo. Tudo vai depender do seu envolvimento e dedicação em estudar.

Por onde começar?

Pelo começo. Se você não sabe nada irá começar do lugar exato, do zero. Ultimamente tenho indicado começar pelo CodeAcademy, aprendendo HTML ou Python. Não fique pensando muito antes de começar, comece a ler a respeito de programação, veja as alternativas, pense no que gostaria de fazer e vá logo para a prática.

 

Aprender programação em 20 horas

Em 2016 dediquei um bom tempo elaborando essa metodologia, onde o objetivo é ensinar programação para um leigo, começando do zero, em apenas 20 horas. Criei uma turma “beta” que está cursando agora e estão conseguindo realmente aprender. Está sendo eficiente e eficaz.

Parto do principio que aprender programação deve ser divertido, que a matemática não deve ser obrigatória, e que não dá pra falar em termos técnicos com alguém que ainda está aprendendo a técnica. Então o formato é informal e com muita explicação por analogia.

Se quiser saber mais vá até Aprender Programação em 20 horas.

 

Desistir? Jamais!

Enfim, meu papel aqui não é te desanimar, mas te dizer a verdade. Se você gosta de desafio, gostará de aprender programação!

Siga navegando no meu blog, leia os posts e não pare mais de estudar.

E se precisar de algo, conte comigo!

 
 

Classificado como: Posts Profissionais

Participar comentando (9) →
  1. Marcus 9 de Dezembro de 2016

    Boa tarde!
    Eu estou no 7º Semestre de Ciência da computação e infelizmente não sei programar, uma porque sei que não me dediquei como deveria, outra porque o primeiro professor de algoritmo contribuiu para que eu não curtisse programação, conforme mudou o professor, mudou a didática da aula e ficou bem interessante porque descobri que posso criar o que eu quiser rsrrs mas me faltou a base, e isso vem me atrapalhando até o momento, qual seu conselho diante de uma situação desse rsrs Tenho certas dificuldades, e infelizmente meu tempo tá pequeno, já que tenho que fazer TCC, entregar AACC e relatório de estagio rsrs
    Só gostaria muito que as minhas fossem mais prática do que teórica, sei que a teoria é super importante tbm, mais tem muita teoria e pouca prática e o mercado quer praticidade.
    Obrigado!
    Att Marcus

    Responder
    • Tiago Gouvêa 21 de Dezembro de 2016

      Amigo, agora é você dedicar um tempo pra voltar no básico….. fazendo algo TOTALMENTE prático. Não tem outro jeito. Boa sorte!

      Responder
  2. Silvana Sales 21 de Novembro de 2016

    Olá, estou no 4° período em Ciencias da Computação e começamos com Python, mas eu não conseguir pagar essa disciplina de primeira, pois sintia muita dificuldade e ainda sinto :'( Não é a questão do “programa” em sí, mas creio que a lógica que o envolve, por isso essa grande parte das dificulades das pessoas em aprender qualquer linguagem de programação.

    Responder
    • Tiago Gouvêa 3 de Dezembro de 2016

      Verdade Silvana. Por isso mesmo que eu criei um método diferente de ensinar, “aprender programação em 20 horas”, que eu vou por outro caminho, mais intuitivo. 🙂

      Responder
  3. Pedro 20 de Novembro de 2016

    Pra mim está mega super difícil. Estou pensando em trocar de curso, Estou terinando o 1º semestre e confesso que ainda nao entendi nada! Tá brabo, muitos cálculos…
    Pensei que era fácil, ledo engano; pra mim está super difícil em continuar.

    Responder
  4. Dalcilene Ramos 27 de Agosto de 2016

    Melhor conselho desistir jamais!!

    Responder

Deixe seu comentário

mautic is open source marketing automation ra