Posts Pessoais

5 maneiras para nunca esquecer uma ideia

Já dizia Linus Pauling “A melhor maneira de ter uma boa ideia é ter várias boas ideias.”, mas de nada adianta ter várias boas ideias e depois… esquece-las.

Desde bem novo tenho costume de juntar ideias, as vezes no papel, um recorte de revista, um link… ideia nunca é demais e só faz brotar novas ideias.

Conheço muita gente criativa e cheias de ideias, mas que as vezes se perdem nas ideias, ou simplismente perdem as ideias. Aposto que alguma vez você já teve uma ideia tão genial e que, claro, sempre seria lembrada… mas minutos depois já havia se esquecido.

Então, como não perder suas ideias?

1) Moleskine

A primeira alternativa é a ideal para os tradicionais ou desplugados. Nada mais é que um caderinho de bolso que você leva para onde for, e a qualquer momento anota suas ideias e pensamentos. Quem não se lembra do Indiana Jones e seu moleskine? Além de ser uma “ferramenta” muito util é um acessório para quem tem estilo!

2) Gravador de voz ou celular

Se você é daqueles que tem ideias andando, uma boa saída é utilizar um gravador de voz ou até mesmo o celular para anotar suas preciosidades. O ideial é depois mover os arquivos de áudio ou anotações para um local seguro, o seu repositório de ideias.

3) Favoritos

Navegando na internet sempre temos boas ideias, vemos uma coisa aqui, um site ali, um comentário aculá.. os favoritos então se tornam úteis para linkar tudo o que for interessante. Se você quiser pode até compartilhar seus favoritos ou achar conteúdos relacionados utilizando o Delicious.

4) Pasta de ideias e recortes

Vendo jornais, lendo revistas ou participando de feiras também podem surgir várias ideias. As vezes a partir de uma ideia já existente você percebe uma nova necessidade ou como fazer melhor. Tenha uma pasta com todas as ideias que juntou, basta arrancar a página (ou recortar o que interessa) e juntar com seus rabiscos e pronto. Não precisa bonita nem organizada.

5) Mapas Mentais

Se você tem tantas ideias que precisa de uma ferramenta para organizar todas elas e facilitar seu acesso as informações quando necessário, recomendo utilizar Mapas Mentais. Através de diagramas é possível armazenar todo tipo de informação ou conteúdo, de forma estrutura e que reflete sua maneira de pensar. Se o que for armazenado for muito complexo e mais próximo de um conhecimento a ferramenta a ser utilizada é o Mapa Conceitual.

Para mapas mentais uma boa solução gratuita é o XMind, a melhor paga é o MindManager. Para mapas conceituais o CmapTools.

Registre suas ideias!

Como o povo diz “uma boa ideia vale ouro” então trate de registrar suas ideias! Mas lembre-se que uma boa ideia precisa tomar vida no momento certo, não basta tê-las e guardá-las na gaveta, mas isso é assunto para um outro post.

E você? Como faz para não esquecer suas ideias?

Links interessantes

O que são Mapas Mentais?
Quanto vale uma ideia?
Definição de Mapas Mentais (wikipedia)
Definição de Mapas Conceituais (wikipedia)
A verdadeira inovação nasce de ideias simples

Tiago Gouvêa

Full-stack Developer, fazendo códigos desde o século passado. Criador da metodologia "Aprender programação em 20 horas" e diretor da startup App Masters, voltada para o desenvolvimento de aplicativos. Apaixonado por tecnologia e viciado em café.

Respostas (0)

Escreva uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *