Posts Pessoais

As ideias que nunca sairam do papel

Boas ideias, quem não as tem? Mas colocar a mão na massa e tirar a “grande ideia” do papel, poucos fazem. Thomas Edson disse que “uma obra de gênio é 5% de inspiração e 95% de transpiração”, eu ainda acho 5% um percentual altíssimo! A realidade é que muitas das boas ideias (ou a maioria delas) não saem do papel (algumas nem chegam ao papel).

Eu poderia estar rico!!!

Talvez já tenha acontecido contigo. Você tem uma ideia brilhante, algo completamente novo, que vale ouro!! Mas…. o tempo passa e aquilo não sai do campo da imaginação. Dai, algum tempo depois você vê no jornal; “O mais novo milionário!” que “inventou” uma coisa parecidíssima com a sua! Dai você pensa “Poxa! Essa idéia era minha!”… Isso já aconteceu comigo algumas vezes e com amigos também. E essa coisa de “ser rico” por ter boas ideias existe mesmo na cabeça das pessoas, claro. Amigos e parentes de pessoas criativas normalmente cobram que tenham logo uma ideia destas, avassaladora, para ficar logo milionário. Depois do filme “a rede social” então… não sei se é seu caso, mas algumas pessoas chegam a disser “porque você não criou o facebook?”.

 Porque algumas ideias não saem do papel?

Para tornar uma ideia em realidade é preciso mais do que querer, é necessário se dedicar e fazer acontecer. Quando falamos de projetos de tecnologia eu penso logo em duas pessoas; “quem vai pagar” e “quem vai fazer” e ai já paramos. Procurar um investidor, escrever um projeto, apresentar e defender a ideia não é simples. Já fiz isso várias vezes, em algumas “dei com os burros n’aguá”, noutras consegui o tão desejado $$ para o negócio. Mas as pessoas sequer conhecem algum investidor, não sabem que existem órgãos para isso, grupos de investidores, eventos para submissão de projetos inovadores, e assim as ideias simplesmente não saem do papel.

É preciso fazer

Tornar uma ideia realidade em um ambiente que normalmente não facilita seu acesso ao crédito ou aos recursos necessário, requer que você mesmo faça. Este é um ponto importante na coisa toda! Porque na maioria das vezes que tem perfil criativo não tem perfil executivo, ou seja, não são do tipo que botam pra fazer. Fazer, significa dedicar tempo, esforço e correr riscos. Coisas que grande parte não quer.

Mas com dinheiro tudo se resolve

Engano seu. O mercado é incerto! Por mais que avalie os concorrentes ou se faça pesquisa de mercado, quando um produto realmente inovador é lançado, nem todo mundo “encara”. Alguns esperam que os outros comprem ou utilizem primeiro e preferem não se arriscar com algo novo. Carlos Wizard em “Desperte o Milionário Que Há em Você” diz que ficar culpando o país ou o mercado é um passo para o fracasso, então não vou neste post reclamar disso. Já fiz isso antes no post “Inovação tecnológica no Brasil ? Você nunca será um Zuckerberg?

Traga suas ideias para a realidade!

“Se você quer fazer, faça!”, “Ideia é coisa que dá e passa”, “Não sabendo que era impossível, foi lá e fez”. Por estas e por outras, se sua ideia vale a pena o importante mesmo é realizar! As dificuldades vão existir e mesmo que sua ideia seja péssima você não vai acreditar em ninguém e irá insistir até conseguir. Foi o que fizeram muitos empreendedores de sucesso e é assim que deve ser!

Links úteis